Novo Coronavírus

São Paulo Tabacaria é interditada após festa com 65 pessoas na zona leste de SP

Tabacaria é interditada após festa com 65 pessoas na zona leste de SP

Entre os participantes, 36 não usavam máscaras e estavam aglomerados em espaço pequeno em Artur Alvim, sem ventilação

  • São Paulo | Rafael Custódio, da Agência Record

Tabacaria é interditada após festa com 65 pessoas na zona leste de São Paulo

Tabacaria é interditada após festa com 65 pessoas na zona leste de São Paulo

Reprodução Record TV

A Polícia Civil encerrou uma festa com 65 pessoas em uma tabacaria, em Artur Alvim, na zona leste da capital paulista, na madrugada desta quinta-feira (6), em meio à pandemia do novo coronavírus.

Os participantes foram surpreendidos pelos policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), em uma tabacaria chamada "Classe A Hooka Lounge", na rua Maciel Monteiro, 670 B.

Entre os participantes, 36 não tinham máscaras e estavam aglomerados em um espaço pequeno, sem ventilação, compartilhando narguilés, descumprindo às regras de distanciamento social, a fim de conter o avanço no contágio por covid-19.

Na ação, agentes da Polícia Civil, Vigilância Sanitária, Prefeitura e o Procon vistoriaram o local, que foi interditado. Foram apreendidos aparelhos de som e máquinas de cartão usados na tabacaria.

O dono do estabelecimento e funcionários foram levados ao DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania), onde assinaram um termo circunstanciado por infração de medida sanitária.

Só na cidade de São Paulo, 27.824 pessoas já perderam a vida para a covid-19 e 1.063.728 foram infectadas, segundo boletim divulgado pela prefeitura nesta quarta-feira (5).

Últimas