São Paulo Temporal causa deslizamento e deixa ao menos 5 mortos em Embu

Temporal causa deslizamento e deixa ao menos 5 mortos em Embu

Casa foi soterrada e quatro vítimas da mesma família foram retiradas do local sem vida. Bombeiros ainda procuram vítimas

  • São Paulo | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Chuva forte causa deslizamento do Jardim Colégio
  • Quatro pessoas da mesma família morreram
  • Bombeiros buscam por desaparecidos
  • 40 imóveis foram interditados pela Defesa Civil
Família é atingida por deslizamento em Embu

Família é atingida por deslizamento em Embu

Reprodução Record TV

Pelo menos cinco pessoas morreram em função da chuva que atingiu São Paulo na noite de terça-feira (29). O forte temporal na região de Embu das Artes causou o deslizamento de uma residência no Jardim Colégio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, seis pessoas da mesma família ficaram soterradas e o desabamento atingiu outras casas.

Quatro vítimas já foram localizadas - a mãe, Jaqueline, de 25 anos, um bebê de 8 meses e duas crianças, de 5 e 7 anos. - e o trabalho segue em busca da avó, Zenaide, de 52 anos, e o neto, de um ano, desaparecidos entre os escombros.

Além das vítimas do soterramento, um homem, de 55 anos, foi levado pela enxurrada e caiu em um bueiro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso aconteceu no bairro Santa Teresa, também em Embu das Artes.

A área do deslizamento é de difícil acesso e 40 imóveis foram interditados pela Defesa Civil. "A residência não desabou totalmente, e corre o risco ainda de desabar algumas paredes. Quanto mais lama a gente tira, mais desce", conta o Coronel Mello. 

Por meio de nota, a prefeitura de Embu das Artes confirma as mortes e informa que "os bombeiros trabalham no local com aproximadamente 40 homens." O prefeito Ney Santos lamentou as mortes e se solidarizou com os familiares. 

A Prefeitura de Embu das Artes criou a Central Estratégica de Combate às Chuvas que estará de plantão à disposição da população. Segundo a nota, aproximadamente 100 pessoas foram atendidas pelos serviços de acolhimento e de saúde.

A base está no endereço:
Escola Municipal Elza Marreiro Medina
Rua Bolívia, 200, Jd. dos Moraes

Dois Cras também estão de prontidão para atender as famílias das 9 às 17h nesta quarta:
CRAS COLÉGIO - R.Pégaso, 294-406, CÉU Jd. do Colégio.
CRAS VAZAME - Rua dos Canários, 2576 – Jd. Vazame

A Secretaria de Suprimentos já disponibilizou colchões e cobertores aos desabrigados. A base da Central está sendo mantida pelos colaboradores da Secretaria da Educação que também está recebendo doações.

Últimas