São Paulo Temporal deixa todas regiões de São Paulo em estado de atenção

Temporal deixa todas regiões de São Paulo em estado de atenção

Inundações foram registradas nas Avenidas 23 de Maio, Alcântara Machado e Professor Abraão de Morais

Agência Estado
CGE indica quatro pontos de alagamentos intransitáveis na capital paulista

CGE indica quatro pontos de alagamentos intransitáveis na capital paulista

ANANDA MIGLIANO/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO - 10-1-2021

As fortes chuvas, com registro de trovoadas, que atingiram a capital paulista chegaram a deixar quatro regiões em estado de alerta para alagamentos na tarde deste domingo (10). Todas as áreas da cidade estão em estado de atenção desde às 12h25, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), órgão de monitoramento da Prefeitura de São Paulo.

Às 15h30, o CGE indicava quatro pontos de alagamentos intransitáveis na cidade, três deles na área administrativa da Sé, no centro. São eles: a Avenida do Estado, na altura da Praça Alberto Lion, além das Ruas Pedra Azul, na Liberdade, e Presidente Batista Pereira. Fecha a lista a Avenida Teresa Cristina, no Ipiranga, bairro da zona sul.

Outras vias chegaram a alagar à tarde, mas os pontos já são considerados inativos pelo órgão de monitoramento. As inundações foram registradas na Avenida 23 de Maio, que liga o centro ao Aeroporto de Congonhas, além das Avenidas Alcântara Machado, na região da Mooca, e Professor Abraão de Morais, no Jabaquara, na zona sul.

Por causa das pancadas de chuva, o CGE chegou a manter quatro regiões em estado de alerta, o mais crítico do monitoramento. Às 14h05, foi emitido o primeiro aviso para a Subprefeitura do Campo Limpo, na zona sul, pela iminência de transbordamento do Córrego Morro do S.

Cerca de 20 minutos depois, o Ipiranga, na mesma região, entrou em estado de alerta. Às 14h40 e Às 14h59, os avisos se estenderam à Subprefeitura do Jaçanã/Tremembé, na zona norte, e à Penha, na zona leste.

O fim do alerta foi informado às 15h18, mas toda a capital permaneceu sob estado de atenção, Já o Corpo de Bombeiros informou ter recebido duas solicitações de queda de árvores e quatro de alagamentos. O registro foi feito até às 15h37.

"As próximas horas seguem com tempo instável. São esperadas chuvas em forma de pancadas variando de intensidade, mas potencial para alagamentos e rajadas de vento", diz o CGE, no aviso.

Segundo o órgão, as precipitações formadas pelo calor e alta umidade, atuam de forma moderada a forte entre a região leste, centro e sudeste da capital e Guarulhos, na Grande São Paulo. "Chove forte também entre a zona leste e o ABC."

Para segunda-feira (11), o CGE prevê pancada de chuva entre o meio da tarde e o início da noite. "Não há uma região preferencial para o início das precipitações."

Últimas