São Paulo Terceiro morador de rua é encontrado morto em São Paulo

Terceiro morador de rua é encontrado morto em São Paulo

Dois primeiros casos ocorreram nesta sexta (5). A madrugada deste sábado (6) foi a mais fria do ano na cidade de São Paulo, de acordo com o Inmet

Terceiro morador de rua é encontrado morto em São Paulo

Frente fria atinge São Paulo e terceiro morador de rua é encontrado morto

Frente fria atinge São Paulo e terceiro morador de rua é encontrado morto

Bruno Rocha / Estadão Conteúdo / 06.07.2019

Um morador de rua foi encontrado morto na manhã deste sábado (6), em São Paulo, que enfrenta onda de frio desde quinta-feira (5). É o terceiro caso em menos de dois dias.

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência, por volta de 6h. No local, em Itaquera, encontraram o corpo de um homem, sem sinais de violência. O caso será registrado no 63° DP (Vila Jacuí).

Leia mais: Morador de rua é encontrado morto no Terminal da Barra Funda, em SP

Ajuda

A população também pode ajudar as pessoas em situação de rua solicitando uma abordagem social por meio da CPAS, que funciona 24 horas por dia e pode ser acionada pela Central 156. A solicitação pode ser anônima, mas é importante ter as seguintes informações para facilitar a identificação: o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está (o número pode ser aproximado); citar pontos de referência e características físicas e detalhes de como a pessoa a ser abordada está vestida.

Casos

O primeiro caso ocorreu na manhã de sexta-feira (5). Um morador de rua foi encontrado morto dentro do Terminal de Ônibus da Barra Funda, na zona oeste da cidade. De acordo com o Metrô de São Paulo, agentes de segurança realizavam ronda quando encontraram o corpo de um homem. Os funcionários isolaram a área e acionaram a polícia.

O Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano) informou que o corpo não tinha sinais de agressão. Disse, ainda, que o homem teve, possivelmente, algum problema de saúde causado pelas baixas temperaturas que atingiram a cidade.

O segundo caso ocorreu no mesmo dia, no período vespertino. Um homem foi encontrado morto na rua Doutor Pacheco e Silva, no Pari, na região central. Policiais militares foram acionados para atenderem a ocorrência. No local, encontraram o corpo sem vida em via pública. O homem não possuía nenhum documento de identificação e o corpo não apresentava sinais de violência. Segundo testemunhas, ele não era da região. O local foi preservado para perícia. O caso foi registrado como morte suspeita no 12° DP (Pari).

Veja também: São Paulo tem a madrugada mais fria do ano, diz Inmet

Frente fria

Uma frente fria chegou á capital paulista na quinta-feira (5). A madrugada deste sábado (6) foi a mais fria do ano na cidade de São Paulo, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O mirante de Santana marcou 7,4°C.

As primeiras horas da manhã de sábado (6) seguem com sol entre poucas nuvens e temperatura em lenta elevação. A sensação será de muito frio no decorrer do dia, as temperaturas variam entre mínimas de 6ºC e máximas que não devem superar os 15ºC. Não há previsão de chuva.

A massa de ar polar deve deixar o tempo gelado nos próximos dias. O sol retorna no fim de semana, mas a sensação de frio deve persistir na Grande São Paulo.

O domingo (7) segue com sol e temperaturas baixas na Grande São Paulo. As mínimas oscilam em torno dos 5°C, enquanto as máximas permanecem abaixo dos 16°C. Não há expectativa de chuva.

*Com informações da Agência Estado