São Paulo Tiro acidental que atingiu garoto de 9 anos veio de arma de vigilante

Tiro acidental que atingiu garoto de 9 anos veio de arma de vigilante

Amigo de 12 anos efetuou disparo acidental após achar revólver na casa do vizinho de cima, que está no litoral por conta da pandemia

  • São Paulo | Marcos Rosendo, da Agência Record

Disparo acidental ocorreu em residência na Cidade Tiradentes

Disparo acidental ocorreu em residência na Cidade Tiradentes

Reprodução/ Google Street View

O tiro acidental que atingiu um garoto de 9 anos na cabeça foi disparado de uma arma com registro de porte vencido em nome de um vigilante que, por conta da pandemia, está morando no litoral de São Paulo. 

O vigilante mora no andar de cima da residência do menino de 12 anos, que atirou contra a vítima enquanto brincava. O imóvel está localizado na estrada do Palanque, na Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo. A polícia também encontrou no local uma espingarda calibre 12 sem registro.

A mãe disse que o menino de 12 anos, o irmão e o colega de 9 anos encontraram a chave da casa do vigilante e subiram para o andar superior. Eles encontraram as armas dentro de um armário. Foi quando o menino de 12 anos pegou o revólver, e a arma disparou, atingindo o amigo.

A vítima está internada no Hospital Ermelino Matarazzo e o estado de saúde é estável. A delegada que investiga o caso informou que o vigilante poderá ser indiciado por posse irregular de arma de fogo.

Ainda segundo a delegada, o vigilante não será responsabilizado pelo armazenamento das armas, pois o revólver e a espingarda estavam na casa dele, guardados dentro de um armário e o cômodo trancado com chave.

Últimas