Tragédia no centro de São Paulo
São Paulo Tomada com 3 eletrodomésticos provocou incêndio, diz polícia

Tomada com 3 eletrodomésticos provocou incêndio, diz polícia

Segundo o secretário da Segurança Urbana, curto-circuito aconteceu no quinto andar do prédio, na residência de família com quatro pessoas

Incêndio Paissandu

Prédio desabou após incêndio iniciado em tomada

Prédio desabou após incêndio iniciado em tomada

Edu Garcia /R7

Um curto-circuito por causa da ligação de três eletrodomésticos na mesma tomada foi o motivo do incêndio no prédio que desabou na última terça-feira (1º), no Largo do Paissandu (centro de São Paulo). Essas são as informações do secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta quinta-feira (3), o secretário disse que o acidente iniciou no apartamento de uma família de quatro pessoas, no quinto andar. Todas estavam dormindo em casa.

Dos membros da família que estavam na casa, a mãe e uma criança de 10 meses conseguiram escapar. Já o pai e uma outra criança, de 3 anos, não fugiram rapidamente e acabaram atingidos pelo fogo.

O homem, identificado como Pedro Lucas de Sampaio Viana Ribeiro, 32 anos, está internado no Hospital Santa Casa, enquanto a criança segue em estado gravíssimo no Hospital das Clínicas.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi esclarecido depois que os policiais localizaram Walkiria Camargo do Nascimento, que morava no apartamento onde o fogo começou. Segundo as investigações, havia um micro-ondas, uma geladeira e uma televisão conectados a uma tomada, que sofreu um curto-circuito e explodiu.