Novo Coronavírus

São Paulo Tráfego nas rodovias em São Paulo cai 66,6% durante o feriado

Tráfego nas rodovias em São Paulo cai 66,6% durante o feriado

Menor circulação de veículos reduziu o número de acidentes em 61% e o de vítimas fatais em 46%, afirma Artesp

Reuters - Economia
Artesp não informou números precisos de veículos e acidentes

Artesp não informou números precisos de veículos e acidentes

Divulgação Artesp

O tráfego de veículos em rodovias sob concessão no Estado de São Paulo caiu 66,6% no feriado da Páscoa em relação ao ano passado, afirmou a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) nesta segunda-feira (13).

A agência também afirmou em comunicado que o número de acidentes nas rodovias do Estado caiu 61% na mesma comparação, com recuo de 46% das vítimas fatais. A agência não informou números precisos de veículos ou de acidentes.

Leia mais: Apesar da quarentena, cidades mantêm baixo isolamento

Depois de fazer ameaças na semana passada de medidas mais duras de isolamento, o governador de São Paulo, João Doria, recuou nesta segunda-feira, e comemorou adesão da população às medidas de restrição de circulação.

O governador, que tem realizado entrevistas coletivas diárias à imprensa, se recusou a comentar nesta segunda-feira posição do ministro da AGU (Advocacia-Geral da União), André Mendonça, que tinha alertado que recorreria ao Judiciário contra governadores que adotassem "medidas restritivas de direitos fundamentais dos cidadãos".

O Estado de São Paulo tem 8.755 casos confirmados do novo coronavírus e 588 mortes. No Brasil, o número de casos confirmados é de 22.169, com 1.223 mortes, segundo dados do Ministério da Saúde.

No início deste mês, a empresa de concessões CCR havia informado que o tráfego de veículos equivalentes em suas concessões tinha caído 31,3% na semana de 27 de março a 2 e abril sobre um ano antes. As ações da companhia acumulam queda de 29% desde fim de fevereiro. Já os papeis da rival Ecorodovias mostram declínio de 38,4%.

Últimas