São Paulo Unicamp fornece 16 cilindros de oxigênio ao governo de SP

Unicamp fornece 16 cilindros de oxigênio ao governo de SP

Ajuda da Universidade de Campinas foi direcionada para a região de Registro, no interior de São Paulo, no último sábado (27)

  • São Paulo | Do R7

Unicamp forneceu cilindros ao governo de SP

Unicamp forneceu cilindros ao governo de SP

Divulgação/Unicamp

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) forneceu 16 cilindros de oxigênio cheios para auxiliar o Governo de São Paulo no tratamento de pacientes internados com covid-19 no Estado. 

De acordo com a universidade, os cilindros foram enviados no último sábado (27) para região de Registro, no interior paulista, onde o oxigênio estava na iminência de acabar. "Serão ainda coletados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico 119 cascos, cujo abastecimento e distribuição ficará a cargo do Estado", informou a universidade.

“O Estado está passando por uma crise de distribuição de oxigênio por conta do aumento da demanda. Vários municípios passaram a entrar em fase crítica de pessoas internadas. Através do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas, a Secretaria de Desenvolvimento do estado solicitou às universidades que providenciassem o empréstimo dos cilindros. As três universidades paulistas estão ajudando com esse esforço”, disse Munir Salomão Skaf, o pró-reitor de Pesquisa da Unicamp, em nota publicada pela faculdade.

Segundo Skaf, embora o auxilia de universidades não seja a medida ideia, no momento é necessário fazer uma espécie de mutirão para contribuir nessa crise. “Estamos cedendo temporariamente para atender a uma situação emergencial. Está faltando oxigênio e não queremos que aconteça o que aconteceu em Manaus. A restituição às universidades será feita tão logo esse momento crítico seja vencido”.

Últimas