São Paulo Vendedora é morta a tiros no meio da rua no centro de São Paulo

Vendedora é morta a tiros no meio da rua no centro de São Paulo

Vítima voltava para casa após o trabalho, no Brás, quando um homem disparou contra ela e fugiu de bicicleta. Polícia tenta identificar o atirador 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Câmera flagrou assassinato

Câmera flagrou assassinato

Reprodução

A polícia de São Paulo tenta identificar o homem que assassinou uma mulher no Brás, região conhecida pelo comércio popular, na tarde de segunda-feira (21).

O caso é investigado como feminicídio. Ana Paula da Silva Matos, de 34 anos, era vendedora de uma loja de sapatos na região e foi atacada a turosmo em plena luz do dia, no meio da rua, quando voltava para casa.

Uma câmera de segurança registrou toda a ação. As imagens mostram um homem parado ao lado de uma bicicleta atrás de um poste. Ele parece tranquilo esperando alguém passar. Até que uma mulher de blusa branca surge caminhando na calçada. Ele saca a arma e atira várias vezes.

Leia também: SP: apenas serviços essenciais funcionarão no Natal e no Réveillon

A vítima é atingida por pelo menos três disparos e morre na hora. Na sequência, o atirador foge com a bicicleta. Um outro detalhe chama a atenção. Um ciclista que está do outro lado da rua de blusa preta chega no mesmo momento do atirador, observa toda a cena e vai embora junto com ele.

Conhecidos que estiveram no local prefereiram não falar publicamente sobre o caso. Eles comentaram que a vítima era uma pessoa discreta a respeito da vida pessoal. Ninguém sabe se ela lidava com algum problema de relacionado ou se sofria ameaças.

O caso foi encaminhado ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). A vítima deixa uma filha de 15 anos, que mora na Bahia.

Últimas