Coronavírus

São Paulo Após 56 dias internada, mulher é pedida em casamento ao ter alta

Após 56 dias internada, mulher é pedida em casamento ao ter alta

"Quando eu quase a perdi para a doença, vi que não poderia esperar mais", explicou o noivo, que vive com a mulher há 19 anos

A paciente de 30 anos, Nilia Aparecida, ficou internada por 56 dias no Hospital Estadual de Itumbiara São Marcos, em Goiânia, por complicações causadas pela covid-19. Ao receber alta, nesta quarta-feira (19), a mulher foi surpreendida com um pedido de casamento.

Ela e seu companheiro, Edjan Cícero, vivem um relacionamento de 19 anos. O momento foi emociante tanto para Nilia, quanto para os profissionais e amigos que foram na porta do hospital presenciar o momento.

A paciente deixou o hospital em uma cadeira de rodas, e foi recebida pela equipe que a acolheu e pelos familiares. Edjan presenteou a companheira com rosas vermelhas, e logo em seguida se ajoelhou para fazer o pedido e entregar a aliança.

"Quando eu quase a perdi para a doença, vi que não poderia esperar mais. Nunca tínhamos ficado tanto tempo separados. A Nilia sempre me pedia uma prova de amor, e quando ela se recuperou resolvi fazer essa surpresa", explica o noivo.

Últimas