São Paulo Índios Pataxós sofre com poluição do rio Paraoepeba, em Brumadinho 

Índios Pataxós sofre com poluição do rio Paraoepeba, em Brumadinho 

Uma área indígena a beira do Rio Paraopeba, na divisa da cidade de Brumadinho e São Joaquim de Bicas, em Minas Gerais, sofre com os rejeitos da lama de minério que contaminou o rio após o rompimento da barragem na sexta-feira (25). A contaminação provocou a morte de centenas de peixes e a água foi considerada imprópria para uso por técnicos do IBAMA.

“Essa tragédia matou um monte de gente e também nosso rio, não podemos mais pescar, nem banhar”, afirmou o cacique Hãyó Pataxó, que é da etnia Pataxó, vindo de fluxos migrátorios da Bahia para está região em Minas Gerais.

Últimas