São Paulo Jovem é executado após defender amigo de confusão em festa clandestina

Jovem é executado após defender amigo de confusão em festa clandestina

Vítima era casada há oito anos e deixou um bebê de dois meses

A polícia investiga a morte de Christian Ferreira da Silva, de 24 anos, encontrado baleado em uma área de mata na região de Hortolândia, interior de SP.  No dia em que foi morto, o homem disse para a esposa que emprestaria sua moto para um amigo, mas, na verdade, ele foi para uma festa clandestina. Durante o baile, seu amigo se envolveu em uma briga e, para defendê-lo, Christian bateu no agressor. Com medo das ameaças do criminoso, a dupla de amigos fugiu. João Vítor, o agressor, foi atrás de Christian, encontrado em uma zona de mata, e o baleou 4 vezes. Os familiares de Christian foram avisados do ocorrido e, chegando no local, tentaram reanimá-lo, mas o rapaz não sobreviveu. A polícia já teria solicitado a prisão de João, mas a Justiça ainda não emitiu um mandado.

Últimas