População impede enterro de suspeito da morte de Emanuelle

Moradores de Chavantes (SP) bloqueiam acesso de cemitério para impedir o sepultamento de Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, suspeito de ter assassinado a menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, que morreu na cela de um CDP (Centro de Detenção Provisória), na madrugada desta quarta-feira (15).