São Paulo Vigilante é preso após matar mulher com facada na zona sul

Vigilante é preso após matar mulher com facada na zona sul

Na abordagem, homem fugiu para casa e policiais encontraram corpo de mulher. Caso foi registrado como feminicídio no Sacomã

  • São Paulo | Beatriz Leite, da Agência Record

Vigilante mata mulher com facada no Sacomã, zona sul de SP

Vigilante mata mulher com facada no Sacomã, zona sul de SP

Reprodução Google Maps

Um vigilante, de 56 anos, foi preso em flagrante por feminicídio e violência doméstica, às 4h40 de terça-feira (16), na rua Doutor Eugênio Maia de Andrade, no Sacomã, zona sul de São Paulo.  O homem matou a mulher dentro de casa usando uma faca e teria confessado à polícia.

Policiais militares faziam patrulhamento pela região quando suspeitaram de um homem que retornou para dentro de sua residência quando avistou a viatura da PM. Ao ser abordado, nada de ilícito foi encontrado, no entanto, ao entrarem em sua residência, os policiais localizaram a vítima, uma mulher de 52 anos, sem vida em um dos quartos.

Questionado, o vigilante confessou ter matado a vítima com uma facada após uma discussão. O autor, que apresentava sinais de embriaguez, foi conduzido à delegacia, onde foi autuado. O caso foi registrado como violência doméstica e feminicídio pelo 26º DP que pediu perícia ao local e exame necroscópico e toxicológico para a vítima.

O caso

Marinês Ribeiro dos Santos, de 51 anos, foi morta pelo marido, Geovane Valdevino dos Santos, de 56 anos, na rua Doutor Eugênio Maia de Andrade, 120, no Sacomã, na zona sul de São Paulo, às 4h36 desta terça-feira (16).

Segundo a Polícia Militar, equipes estavam em patrulhamento na região quando avistaram um homem com atitude suspeita. Ao tentar abordá-lo, o homem fugiu e entrou em uma casa. Os policiais entraram na residência e no local encontraram Marinês morta e uma faca, usada para o crime, ao lado do corpo.

De acordo com a polícia, o suspeito confessou o crime, foi detido e foi levado para o 26º Distrito Policial, onde o caso foi registrado.

Últimas