São Paulo Vizinha terá de pagar R$ 8 mil por fake news sobre filho de Doria

Vizinha terá de pagar R$ 8 mil por fake news sobre filho de Doria

Alessandra Maluf havia espalhado boato de que filho do político promoveu festa no período de isolamento imposto pelo estado

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Governador desmentiu boato espalhado em março

Governador desmentiu boato espalhado em março

Governo do Estado de São Paulo - 28.07.2021

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) condenou a vizinha do governador João Doria por espalhar fake news a respeito do filho do político. Alessandra Batah Maluf terá que pagar R$ 8 mil de indenização.

A pena foi decretada meses após Maluf divulgar um vídeo no qual afirmava que um dos filhos de Doria estava promovendo uma festa em sua casa no Jardim Europa, zona sul da capital, durante o período de isolamento imposto pelo estado de São Paulo.

O vídeo, divulgado em 6 de março deste ano, mostrava a casa de Doria e uma música alta vindo do imóvel.

As imagens foram desmentidas pelo governador no dia seguinte, que informou que, na verdade, o barulho vinha de uma casa vinha e que seu filho não estava participando de qualquer aglomeração.

No mesmo dia, Doria entrou com uma queixa-crime contra os responsáveis pelo vídeo. Meses depois, veio o acordo entre as partes.

Uma amiga de Maluf, identificada como Cristiane Gonçalves, que participou do vídeo, também foi condenada a pagar a multa.

O pagamento, estipulado em R$ 8 mil para cada, terá de ser pago até 8 de outubro. O valor arrecadado será direcionado ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

Últimas