Novo Coronavírus

São Paulo Volta às aulas: o que os pais devem saber sobre a retomada

Volta às aulas: o que os pais devem saber sobre a retomada

Prefeitura de São Paulo autorizou o retorno gradual e optativo na próxima quarta-feira (7) para as atividades extracurriculares como idiomas 

Escolas se preparam para o retorno

Escolas se preparam para o retorno

Alex Silva/ Estadão Conteúdo - 12.08.2020

As atividades escolares devem ser retomadas a partir da quarta-feira (7) na capital paulista. A prefeitura autorizou aulas extracurriculares como música ou idiomas e reforço. 

Segundo orientação da Secretaria Municipal de Educação, as aulas devem ser retomadas gradualmente.

Neste primeiro momento as escolas, tanto da rede pública como privada, devem receber 20% dos seus alunos da educação básica. Cabe aos pais a decisão de mandar os filhos ou não para a escola.

O ensino superior pode retomar as atividades seguindo os protocolos sanitários.

A prefeitura tem feito testagem e inquérito para verificar a segurança para a retomada do ensino, uma possível data é o dia 3 de novembro.

Escolas devem manter o distanciamento, oferecer álcool em gel e as atividades de educação física não podem ter contato e devem ser realizadas preferencialmente ao ar livre.

As famílias identificarem locais que não estão cumprindo as regras, podem entrar em contato pelo 156, número da Prefeitura e informar os problemas.

Atendimento socioemocional

A prefeitura abriu de 14 mil vagas para atendimento socioemocional dos estudantes da rede municipal paulistana em equipamentos da SMADS (Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social).

Os CCAs (Centro para Crianças e Adolescentes) serão reabertos também a partir de 7 de outubro. Somente a SMS (Secretaria Municipal de Saúde) tiveram relatos de cinco mil crianças vítimas de violência doméstica.

Serão reabertos, ao todo, 110 CCAs para atender crianças de 6 a 14 anos, de famílias em áreas de alta vulnerabilidade

Últimas