Notícias Saúde aumentará lista de alerta de países de casos suspeitos de coronavírus

Saúde aumentará lista de alerta de países de casos suspeitos de coronavírus

Agência Estado

O Ministério da Saúde vai incluir até a quarta-feira, 4, novos países na lista de alerta para casos suspeitos do novo coronavírus, incluindo os Estados Unidos, informou o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis.

Com isso, segundo ele, aproximadamente 30 países estarão na lista. Se enquadram em casos suspeitos as pessoas que regressam desses países e apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar. Em função da ampliação, a pasta destacou que, a partir de agora, a preocupação do ministério é mais direcionada a prevenção e assistência, e menos as estatísticas.

"Com inclusão dos EUA, número de suspeitos tende a crescer muitas vezes", disse Gabbardo.

Com isso, o secretário-executivo afirmou que a orientação do ministério é de que, pessoas que venham da lista de países em alerta, não procurem o sistema de saúde quando tiverem apenas "sintomas leves ou estiverem quase assintomáticas".

Temos que desmobilizar esse movimento. Se não vamos encher unidades de saúde. Não precisamos impor que as pessoas se dirijam a unidades de saúde com sintomas leves", afirmou Gabbardo.

Últimas