Saúde 30% de quem paga plano de saúde recorre ao SUS ou atendimento particular

30% de quem paga plano de saúde recorre ao SUS ou atendimento particular

Segundo presidente do Cremesp, isso mostra que operadoras estão lucrando

  • Saúde | Vanessa Sulina, do R7

Presidente da APM diz que rede privada é restrita

Presidente da APM diz que rede privada é restrita

Antonio Cruz/ABr

Por causa dos diversos problemas que enfrentam com o plano de saúde, 30% das pessoas que pagam por saúde recorrem ao SUS (Sistema Único de Saúde) ou atendimento particular. Os dados são da pesquisa realizada pela APM (Associação Paulista de Medicina) em parceria com o Datafolha divulgada nesta quinta-feira (17). 

Segundo o levantamento, houve um aumento de 50% nos usuários que precisaram recorrer a alternativas ao plano. De 2012 para 2013, o número saltou de 20% para 30%. Para realização da pesquisa foram entrevistadas 861 pessoas de todas as classes econômicas, que utilizaram planos de saúde nos últimos 24 meses. Os dados foram colhidos entre 4 e 12 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Quase 80% das pessoas que pagam plano de saúde relatam problemas com o serviço

De acordo com o presidente da APM (Associação Paulista de Medicina), Florisval Meinão, os dados mostram que a "rede privada é restrita".

— Na questão da cirurgia, por exemplo, o plano retarda ao máximo a liberação e honorários cirúrgicos, então os médicos deixam de operar. Também há demora na liberação de materiais no sentido de buscar economia. Existem muitas pessoas necessitando de cirurgia e têm dificuldades de conseguir isso. 

Cerca de 80% dos pacientes tiveram procedimentos negados pelos planos de saúde

Para o presidente do Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo), João Rosa Ladislau, o fato de as pessoas recorrerem ao SUS mostra que as empresas "estão lucrando".

— O ressarcimento das empresas pelos serviços feitos pelo governo é muito pequeno. A rede pública não está reavendo o que gastou com quem tem plano de saúde. 

Hoje, 41% da população do Estado de SP utiliza plano de saúde. São 13,2 milhões de usuários. 

Últimas