Anti-inflamatórios podem agravar quadros de covid-19, alerta França

Alerta é do ministro da Saúde francês, que pediu à população que não tome certos remédios sob risco de piorar pneumonia causada pelo coronavírus

Ibuprofeno é vendido no Brasil sem receita

Ibuprofeno é vendido no Brasil sem receita

Stockvault

O ministro da Saúde da França, Olivier Véran, pediu à população que não utilize determinados medicamentos anti-inflamatórios no tratamento dos sintomas da covid-19 (doença causada pelo coronavírus SARS-CoV2).

Verán, que é médico, afirmou no sábado (14) que remédios como ibuprofeno e corticoides podem agravar infecções no organismo e até piorar o quadro de saúde, em casos de pneumonia, por exemplo.

"Em caso de febre, tome paracetamol. Se você já está tomando medicamentos anti-inflamatórios ou em caso de dúvida, pergunte ao seu médico", escreveu no Twitter.

No Brasil, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu que as pessoas não se automediquem.

A recomendação do ministro francês envolve um tipo de medicamento (ibuprofeno) que não requer receita no Brasil.

Deve procurar a emergência do hospital apenas pacientes que estiverem com falta de ar. Casos leves, com febre baixa e sintomas gripais podem ir a unidades básicas de saúde, de acordo com o ministério. 

Leia também: Não há remédio contra coronavírus, explica ministro

Arte/R7