Novo Coronavírus

Saúde Anvisa aprova 1º medicamento para intubação após nova regra

Anvisa aprova 1º medicamento para intubação após nova regra

O fármaco é um bloqueador neuromuscular que faz parte do "kit intubação"; procedimento é frequente em casos graves de covid

  • Saúde | Do R7

A intubação auxilia na respiração do paciente por meio de um tubo colocado na garganta

A intubação auxilia na respiração do paciente por meio de um tubo colocado na garganta

Amanda Perobelli/Reuters - 24.03.2021

Após flexibilizar regras de registro, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou nesta terça-feira (30) o primeiro medicamento utilizado para realizar a intubação, procedimento médico frequente em casos graves de covid-19, parte do tratamento nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva).

Segundo a agência, o remédio, que tem como princípio ativo o Besilato de Cisatracúrio, é um bloqueador neuromuscular injetável de uso hospitalar que serve para sedar o paciente para que ele seja intubado.

As medidas de flexibilização ocorreram na tentativa de reduzir o risco de desabastecimento do chamado “kit intubação”, conjunto de anestésicos, sedativos e relaxantes musculares, necessário para realizar o procedimento que ajuda o paciente a respirar. 

Em nota, a Anvisa informou que a autorização de comercialização dos produtos passou a ser realizada por meio de notificação, que é uma simplificação do registro.

Últimas