Novo Coronavírus

Saúde Anvisa autoriza novas condições de conservação para vacina da Pfizer

Anvisa autoriza novas condições de conservação para vacina da Pfizer

Bula indica que o imunizante contra covid-19 seja mantido em temperatura controlada entre 2ºC e 8ºC por até 31 dias

  • Saúde | Do R7

A vacina da Pfizer tem registro definitivo no país, o que permite a vacinação em massa

A vacina da Pfizer tem registro definitivo no país, o que permite a vacinação em massa

REUTERS/Dado Ruvic-09/02/2021

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou, nesta sexta-feira (28), novas condições de conservação e armazenamento para a vacina da Pfizer. A bula indica que o imunizante contra covid-19 seja mantido em temperatura controlada entre 2ºC e 8ºC por até 31 dias.

Antes da regulamentação, a vacina poderia ser mantida a esta temperatura por no máximo cinco dias. A informação indica uma facilitação para o uso do imunizante, que exige temperaturas abaixo de -60°C para se manter estável por mais tempo.

A agência informou, por meio de nota, que, para aprovar as novas condições, a equipe técnica avaliou os estudos de estabilidade apresentados pelo laboratório desenvolvedor da vacina. Segundo a Anvisa, os estudos de estabilidade servem para definir por quanto tempo e em quais condições a vacina mantém suas características sem alteração.

O pedido de alteração foi realizado há uma semana, ressalta a agência. 

O Mininstério da Saúde anunciou, na quinta-feira (27), a chegada de mais 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer nos primeiros dias de junho. A expectativa é que no próximo mês sejam importadas 12 milhões de imunizantes da farmacêutica.

O governo federal tem dois contratos assinados com a Pfizer que totalizam a importação de 200 milhões de vacinas até o fim deste ano, capaz de imunizar 100 milhões de brasileiros, já que a vacina é administrada em duas doses - no Brasil, o intervalo adotado é de três meses. Com a remessa de mais de 629 mil doses, que chegou na última quarta-feira, o Brasil já recebeu 3,5 milhões de doses.

Últimas