Anvisa desaconselha antiparasitário ivermectina contra covid-19

Em comunicado, agência diz que únicas indicações aprovadas para uso são aquelas contidas na bula do medicamento

Eficácia da ivermectina para covid-19 não é comprovada

Eficácia da ivermectina para covid-19 não é comprovada

Denny Cesare/Código 19/Folhapress

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) emitiu uma nota em que reforça que o medicamento antiparasitário ivermectina tem apenas indicação para uso conforme o que consta na bula — o que inclui o tratamento de sarnas e piolhos — e não para pacientes com covid-19 ou como prevenção contra o coronavírus.

Segundo a agência, responsável pela liberação e regulamentação de remédios no país, "não existem medicamentos aprovados para prevenção ou tratamento da covid-19 no Brasil".

Qualquer uso da ivermectina fora das indicações previstas na bula devem ser feitos sob escolha e responsabilidade do médico que prescrever.

Alguns estudos com células in vitro sugerem que a ivermectina seria eficaz no combate ao coronavírus. No entanto, a dose necessária teria de ser muito acima da máxima, o que requer mais estudos acerca da toxicidade do medicamento.