Coronavírus

Saúde Anvisa emite alerta sobre aplicação correta da CoronaVac

Anvisa emite alerta sobre aplicação correta da CoronaVac

Agência ressalta que é preciso atenção à dosagem e ao prazo para uso depois que o frasco multidose da vacina é aberto

  • Saúde | Do R7

A CoronaVac está sendo aplicada desde o dia 17 de janeiro no país

A CoronaVac está sendo aplicada desde o dia 17 de janeiro no país

Amanda Perobelli/Reuters - 18.01.2021

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) emitiu um alerta na terça-feira (26) sobre os cuidados para administrar a CoronaVac, que vem em um frasco multidose de 5 ml com 10 doses de vacina, a fim de prevenir erros. 

A agência ressalta que os profissionais de saúde que aplicam o imunizante devem se certificar de que o volume a ser aspirado do frasco multidose é de 0,5 ml por pessoa, "de modo que cada uma receba somente a dose exata e necessária", informou por meio de nota.

Outro cuidado se refere à validade da vacina depois que o frasco é aberto. A agência destaca que todas as doses devem ser utilizadas em um prazo de até oito horas após a abertura do recipiente, "desde que seja mantido em condições assépticas e sob temperatura entre 2°C e 8°C". "Essa medida visa garantir as propriedades do imunizante, uma vez que a vacina não contém conservantes", esclarece. 

A nota enfatiza que já foram relatados erros na Alemanha e em Israel, onde pacientes receberam cinco vezes a dose preconizada de outras vacinas contra a covid-19.

Os primeiros 6 milhões de doses da Coronavac, aprovados para o uso emergencial no dia 17, foram importados da China em embalagem final, contendo apenas 0,5 ml cada, segundo a Anvisa. "No dia 22, a agência realizou nova aprovação de uso emergencial para lotes da referida vacina que estão sendo envasados no Instituto Butantan em frascos multidoses de 5 ml, ou seja, contendo 10 doses de 0,5 ml", finaliza.

Últimas