Coronavírus

Saúde Anvisa pede informações sobre dose de reforço para a Fiocruz

Anvisa pede informações sobre dose de reforço para a Fiocruz

Agência solicita dados de estudos em andamento sobre a aplicação de reforço ou revacinação do imunizante AstraZeneca 

  • Saúde | Do R7

Anvisa quer mais informações sobre necessidade de reforço da AstraZeneca

Anvisa quer mais informações sobre necessidade de reforço da AstraZeneca

Fabio Motta/EFE - 23.1.2021

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) solicitou à Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz), na terça-feira (24), mais informações sobre a aplicação de dose de reforço ou revacinação do imunizante AstraZeneca contra a covid-19. A Agência quer saber se há dados científicos ou regulatórios que possam subsidiar a questão em torno das doses de reforço. 

O objetivo é antecipar informações para avaliar o cenário em torno da necessidade ou não de doses adicionais das vacinas contra covid-19 em uso no Brasil. A Anvisa solicitou seja agendada uma reunião entre a Fiocruz e os técnicos da agência, na próxima semana, para discutir dados que já estejam disponíveis e também estudos em andamento, cronogramas e resultados interinos. 

No dia 13 de agosto, a Anvisa já pediu informações para a Pfizer sobre o uso de mais uma dose do imunizante, que já está sendo aplicado em países como Estados Unidos e Israel. 

O Ministério da Saúde, em parceria com a Unifesp (Universidade Federal do Estado de São Paulo), faz um estudo para saber a necessidade da terceira dose, principalmente em idosos que receberam a CoronaVac. O ensaio pretende descobrir qual dos imunizantes usados no Brasil é o mais indicado para a dose de reforço. 

Marcelo Queiroga afirmou na última segunda-feira que a pasta só indicará a nova vacinação após acabar a campanha dos brasileiros acima com 18 anos ou mais. 

Últimas