Saúde Anvisa recebe novo pedido de uso emergencial da vacina Sputnik V

Anvisa recebe novo pedido de uso emergencial da vacina Sputnik V

Órgão regulador pretende analisar solicitação referente a 10 milhões de doses ao longo dos próximos sete dias

  • Saúde | Do R7

Ministério da Saúde fechou acordo para compra de 10 milhões de doses da Sputnik V

Ministério da Saúde fechou acordo para compra de 10 milhões de doses da Sputnik V

Agustin Marcarian/Reuters - 21.01.2021

A União Química encaminhou um novo pedido de uso emergencial da vacina russa Sputnik V à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na madrugada desta sexta-feira (26). O órgão regulador confirmou o recebimento da solicitação e informou que a análise ocorrerá ao longo dos próximos sete dias úteis.

O objetivo é conseguir a liberação para a conclusão do processo de compra de 10 milhões de doses pelo Ministério da Saúde, que firmou o contrato, mas só paga se o imunizante cumprir as exigências da agência.

Esta é a segunda vez que a União Química — detentora dos direitos comerciais da vacina no Brasil — tenta a autorização de uso emergencial da Sputnik V.

Em 16 de janeiro, a Anvisa rejeitou a solicitação ao alegar que a empresa não havia enviado documentos necessários para a continuidade da análise.

O novo requerimento tem um efeito facilitador, já que a lei 14.124 facilitou a importação de imunizantes aprovados por agências reguladoras de outros países, incluindo a da Rússia, onde o imunizante já é usado.

Últimas