Saúde Argentina poderá enviar insumos de vacina da AstraZeneca ao Brasil

Argentina poderá enviar insumos de vacina da AstraZeneca ao Brasil

Anvisa inspecionou e liberou uma fábrica que produz insumos da vacina contra a Covid-19, produzida pela AstraZeneca

  • Saúde | Da Agência Brasil

Fábrica aumenta opções de fornecimento de insumos para a vacina

Fábrica aumenta opções de fornecimento de insumos para a vacina

Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF/Agência Brasil

Uma nova fábrica para produzir o IFAB (insumo farmacêutico ativo biológico) da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca recebeu a CBPF (Certificação de Boas Práticas de Fabricação) da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo informou a agência brasileira nesta quarta-feira (10), a certificação foi dada à planta da mAbxience, da Argentina.

“As boas práticas de fabricação da linha de produção foram avaliadas por meio dos mecanismos de reliance estabelecidos pela Diretoria Colegiada para a certificação durante a pandemia. A empresa apresentou o relatório de inspeção integral emitido pela ANMAT, agência reguladora argentina e membro do Esquema de Cooperação em Inspeção Farmacêutica, o que permitiu à Agência avaliar as condições fabris da planta sem a necessidade de inspeção presencial”, informou a Anvisa em nota.

A expectativa é que a fábrica argentina aumente o leque de opções para o fornecimento do insumo para a vacina após a inclusão desse novo local de fabricação no registro do produto.

Histórico

Em 1º de janeiro deste ano, a Anvisa passou a ser o 54º membro do PIC/S e a contar com o reconhecimento internacional da excelência das inspeções em boas práticas de fabricação de medicamentos e insumos farmacêuticos de uso humano.

Últimas