Novo Coronavírus

Saúde Autores de estudo na 'Lancet' sobre hidroxicloroquina retiram artigo

Autores de estudo na 'Lancet' sobre hidroxicloroquina retiram artigo

Pesquisa serviu de base para Organização Mundial da Saúde suspender estudo sobre uso para tratamento de pacientes com covid-19

  • Saúde | Do R7

Autores de estudo na 'Lancet' sobre hidroxicloroquina retiram artigo

Autores de estudo na 'Lancet' sobre hidroxicloroquina retiram artigo

George Frey/Reuters - 27.5.2020

Três autores de um artigo que constatou que a hidroxicloroquina aumentou o risco de morte em pacientes com covid-19 retiraram nesta quinta-feira (4) o estudo diante de preocupações com a veracidade dos dados da pesquisa.

O estudo foi publicado em maio na revista inglesa "The Lancet", uma das principais da área médica e científica no mundo. Ele serviu de base para a OMS (Organização Mundial da Saúde) suspender os estudos sobre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19.

OMS retoma testes solidários com hidroxicloroquina

Segundo a "The Lancet", os autores foram incapazes de realizar uma auditoria independente nos dados fornecidos pela empresa Surgisphere, contratada para coletar os dados de hospitais sobre os pacientes. O estudo afirmava ter avaliado 96 mil pacientes, mas alguns hospitais não confirmaram os dados utilizados, segundo a imprensa inglesa.

Apesar de boa parte da comunidade médica e científica apontar não haver evidências de que a cloroquina ou a hidroxicloroquina possam trazer efeitos positivos e defender que outros estudos já mostraram isso, vários profissionais questionaram a metodologia da nova pesquisa e enviaram uma carta à "The Lancet" com críticas ao estudo.

Após os questionamentos, os autores concluíram que "não podem mais garantir a veracidade das fontes primárias de dados".

Últimas