Novo Coronavírus

Saúde Bahrein se torna o segundo país a aprovar o uso da vacina da Pfizer

Bahrein se torna o segundo país a aprovar o uso da vacina da Pfizer

Autorização para utilização emergencial foi concedida nesta sexta-feira (4); em novembro, o país deu aval para o imunizante da Sinopharm

Reuters
Vacina da Pfizer e da BioNTech agora tem aprovação do Bahrein e Reino Unido

Vacina da Pfizer e da BioNTech agora tem aprovação do Bahrein e Reino Unido

Dado Ruvic/Illustration/Reuters - 10.11.2020

O Bahrein concedeu autorização para o uso emergencial da vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria pela farmacêutica Pfizer e a empresa de biotecnologia BioNTech nesta sexta-feira (4). Assim, tornou-se o segundo país a aprová-la, depois do Reino Unido.

O país árabe também aprovou a vacina contra a covid-19 da Sinopharm, em novembro, para uso por funcionários que estão na linha de frente do combate ao coronavírus.

Leia mais: Moscou inicia campanha de vacinação contra a covid-19

“A aprovação da vacina Pfizer/BioNTech adicionará mais um passo importante na resposta nacional à covid-19”, disse Mariam Al Jalahma, diretora-executiva da Agência Regulatória Nacional de Saúde do Bahrein, em um comunicado.

Últimas