Novo Coronavírus

Saúde Brasil tem 87.004 mortes e 2.419.091 casos confirmados de covid-19

Brasil tem 87.004 mortes e 2.419.091 casos confirmados de covid-19

Dados foram divulgados neste domingo (26) pelo Ministério da Saúde. País registra, também, 1.634.274 pessoas recuperadas do novo coronavírus

  • Saúde | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, Hospital Universitário Clementino Fraga (RJ)

Na imagem, Hospital Universitário Clementino Fraga (RJ)

Erbs Jr / Estadão Conteúdo / 23.07.2020

O Brasil acumula 87.004 mortes e 2.419.091 casos confirmados de covid-19, de acordo com dados divulgados neste domingo (26) pelo Ministério da Saúde. O órgão conta, também, 1.634.274 pessoas recuperadas do novo coronavírus.

No dia anterior, sábado (25), o país registrou 86.449 mortes e 2.394.513 contaminados, o que significa 555 novos óbitos e 24.578 novos casos nas últimas 24 horas.

Leia mais: OMS: mundo já registrou mais de 15,5 milhões de casos de covid-19

De acordo com o mapa de monitoramento da Universidade Johns Hopkins, o Brasil é o segundo país com mais casos de coronavírus no mundo. Os Estados Unidos são o país mais afetado, com 4.217.126 milhões de contaminados e 146.754 mortes.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) informou que o mundo ultrapassou a marca de 15,5 milhões de casos de covid-19 no último sábado. Até o momento, 635.173 pessoas morreram devido ao coronavírus.

Estados

Os estados com mais registro de mortes por covid-19 são: São Paulo (21.606), Rio de Janeiro (12.835), Ceará (7.493), Pernambuco (6.352) e Pará (5.716). As unidades da Federação com menor número de óbitos pela pandemia são: Mato Grosso do Sul (305), Tocantins (346), Roraima (473), Acre (486) e Amapá (554).

Os estados com mais casos confirmados da doença são: São Paulo (483.982), Ceará (162.085), Rio de Janeiro (156.325), Pará (148.463) e Bahia (148.179). As unidades da Federação que tiveram menos pessoas infectadas até agora são: Acre (18.745), Mato Grosso do Sul (21.514), Tocantins (21.767), Roraima (29.829) e Amapá (35.220).

*Com informações da Agência Brasil

Últimas