Sarampo

Saúde Campanha nacional: vacinação contra o sarampo e a gripe acontece até junho

Campanha nacional: vacinação contra o sarampo e a gripe acontece até junho

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 77,9 milhões de brasileiros serão vacinados contra a influenza e 18,8 milhões contra o sarampo

  • Saúde | Do R7 Conteúdo e Marca

A pasta reforça que as vacinas são seguras e eficazes

A pasta reforça que as vacinas são seguras e eficazes

Myke Sena/Divulgação

Promovida pelo Ministério da Saúde, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) e o Sarampo está sendo realizada desde o dia 4 de abril em todo o país. A importante ação de saúde pública acontece até o dia 3 de junho, em duas etapas.

Agora é a vez das crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) serem vacinadas. Gestantes e puérperas, povos indígenas, professores da rede ensino pública e privada, pessoas com comorbidades e outros públicos também devem se vacinar até o início de junho.

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 77,9 milhões de brasileiros serão vacinados contra a influenza e 18,8 milhões contra o sarampo. A pasta busca com as campanhas prevenir o surgimento de complicações decorrentes das doenças, evitando novos óbitos e possível pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS). A pasta reforça que as vacinas são seguras e eficazes.

Os primeiros a serem vacinados foram os idosos com 60 anos (ou mais) de idade e trabalhadores da saúde. No dia 30 de abril foi realizada uma mobilização nacional, o “Dia D” da vacinação, para vacinar esse público-alvo. Quem ainda não conseguiu se vacinar deve procurar os postos de vacinação para receber o imunizante, orienta o Ministério da Saúde. 

Importância da vacinação
A influenza é uma infecção viral aguda, transmissível, que afeta o sistema respiratório, podendo também causar pandemias. A vacinação é uma das estratégias para minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19. A vacina utilizada pelo SUS é produzida pelo Instituto Butantan.

Considerado grave e altamente contagioso, o sarampo é uma doença causada por um vírus. Devido ao aumento de casos e à baixa cobertura vacinal, o Brasil perdeu o certificado de país livre da doença em 2019.

A infecção continua sendo uma das principais causas de morte entre crianças no mundo todo, segundo o Ministério da Saúde, apesar da disponibilidade de uma vacina segura e eficaz para preveni-la. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), foram identificados 59.553 casos de sarampo em 2021.

Crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos de idade e trabalhadores da saúde, deverão ser vacinados. “A manutenção da circulação do vírus do sarampo no Brasil representa um grande risco para a dispersão do vírus para os locais atualmente sem casos da doença, especialmente diante do cenário das baixas coberturas vacinais”, alerta o Ministério da Saúde, reforçando a importância da imunização.

Clique aqui e confira quem deve se vacinar.

Últimas