Novo Coronavírus

Saúde Casos de covid-19 no estado de SP chegam ao patamar da Itália

Casos de covid-19 no estado de SP chegam ao patamar da Itália

De ontem para hoje, houve acréscimo de 9.347 infecções pelo novo coronavírus, totalizando 238.822, segundo Secretaria da Saúde

  • Saúde | Fernando Mellis, do R7

SP prevê 290 mil casos de covid-19 até o fim de junho

SP prevê 290 mil casos de covid-19 até o fim de junho

Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 17.6.2020

O estado de São Paulo chegou ao mesmo patamar da Itália em número de casos confirmados de covid-19, após registrar 9.347 novas infecções, totalizando 238.822, segundo balanço divulgado pelo governo nesta quarta-feira (24).

A Itália, com 60,4 milhões de habitantes, registrou até o momento 238.833 casos, segundo o Ministério da Saúde do país.

A taxa de casos por milhão de habitantes em São Paulo hoje é de 5.200, enquanto na Itália está em 3.950.

Leia também: São Paulo completa três meses em quarentena 'pela metade'

O governo tem atribuído a alta de casos confirmados ao aumento dos testes rápidos, que não mostram mais casos ativos, mas pessoas que tiveram contato com o coronavírus e desenvolveram anticorpos.

No boletim de terça-feira (23), 38% dos casos haviam sido confirmados por meio desse tipo de exame. O teste que identifica o vírus na fase aguda da doença é o RT-PCR, que responde pelos demais resultados.

O Centro de Contingência do Coronavírus do governo estadual afirma que os números estão dentro da previsão: cerca 290 mil casos confirmados até o fim deste mês.

Mortes e internações

Houve um incremento de 284 mortes por covid-19 no estado nas últimas 24 horas, com um total de 13.352.

O secretário da Saúde, José Henrique Germann, ressaltou que esse número está "na borda inferior" da estimativa do comitê, que calcula entre 15 mil e 18 mil óbitos até o dia 30 deste mês.

São Paulo tem um índice de 290 óbitos por milhão de habitantes, menor do que a Itália, que registrou 573 mortes por covid-19 por milhão de habitantes.

Nesta quarta-feira, 14.002 pacientes confirmados ou com suspeita de covid-19 estavam internados em São Paulo, sendo 5.455 em unidades de terapia intensiva e os demais em enfermaria.

A taxa de ocupação das UTIs no interior de São Paulo é de 65,4%. Na Grande São Paulo, é de 68,1%.

Desde o início da pandemia, 40.014 pessoas internadas por covid-19 receberam alta, segundo a secretaria.

Últimas