Saúde Casos de dengue mais que dobram no estado de São Paulo

Casos de dengue mais que dobram no estado de São Paulo

Número de casos nos demais estados teve queda de 5% em relação ao mesmo período, no ano passado; número de mortes por dengue caiu em 39%

Casos de dengue mais que dobram no estado de São Paulo

O mosquito Aedes aegypti causou mais de 8 mil casos esse ano em SP

O mosquito Aedes aegypti causou mais de 8 mil casos esse ano em SP

Arquivo Agência Brasil

O número de casos de dengue no estado de São Paulo passou de cerca de 4 mil, entre janeiro e agosto de 2017, para aproximadamente 8.900 no mesmo período deste ano, segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Secretaria Estadual da Saúde.

Apesar da alta expressiva, os casos de dengue mostram trajetória de queda ao longo dos últimos anos. Em 2015, houve 678.031 registros da doença e, em 2016, 162.947. No ano passado, o número de casos caiu para 6.269.

Veja também: Cientistas brasileiros criam tratamento que pode salvar pacientes de dengue

Diferentemente do que ocorre em São Paulo, nos demais estados, os casos de dengue vêm caindo desde o ano passado. Até 11 de agosto deste ano, foram notificados 193.898 casos, com redução de 5,1% em relação ao mesmo período de 2017.

Neste ano, a doença provocou 92 mortes, número inferior em 39% ao do mesmo período do ano passado.

Leia também: Rio de Janeiro é campeão em zika e chikungunya e Goiás, em dengue

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde informou que o trabalho de campo para combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, compete primordialmente aos municípios.

“A pasta auxilia permanentemente em ações, inclusive por meio da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), que presta apoio e orientações para desenvolvimento de estratégias, com base no monitoramento”, diz o texto.

Posso pega dengue mais de uma vez? Veja mitos e verdades sobre a doença

    Access log