Novo Coronavírus

Saúde Cepa indiana é 'variante de preocupação', aponta Reino Unido

Cepa indiana é 'variante de preocupação', aponta Reino Unido

Agência confirma que cepa é tão transmissível quanto variante britânica, mas ainda não há dados sobre aumento de mortes

  • Saúde | Do R7

Cepa indiana entra para a lista de "variantes de preocupação" no Reino Unido

Cepa indiana entra para a lista de "variantes de preocupação" no Reino Unido

Pixabay

A Public Health England (PHE), agência de saúde pública do Reino Unido, reclassificou a cepa indiana do coronavírus como uma "variante de preocupação", apontou o jornal britânico The Guardian nesta sexta-feira (7). Isso ocorre após o aumento de casos de doença e evidências de transmissão da variante na região.

Atualmente três cepas são consideradas de preocupação: as variantes do Reino Unido (B.1.1.7), do Brasil (P.1) e da África do Sul (B.1.351).

Segundo a agência, a variante indiana, chamada VOC-21APR-02, é pelo menos tão transmissível quanto a variante britânica.

Estudos ainda não comprovaram, no entanto se a cepa da Índia, leva a formas mais graves da covid ou torna as vacinas menos eficazes.

Os casos de covid originados pela VOC-21APR-02 aumentaram de 202 para 520 na última semana e quase metade está relacionado a viagens ou contato com um viajante, de acordo com o comunicado da PHE.

A cepa já está espalhada por todo o país, mas o maior número de casos se concentra em Londres e na cidade de Bolton, no Nordeste da Inglaterra. 

Últimas