Coronavírus

Saúde Chega ao Brasil a primeira remessa de vacinas do Covax Facility

Chega ao Brasil a primeira remessa de vacinas do Covax Facility

Consórcio entregou 1,02 milhões de doses do imunizante Oxford. Contrato com Ministério da Saúde prevê 42 milhões de vacinas

  • Saúde | Do R7, com informações de Christina Lemos

Primeira remessa das vacinas do consórcio Covax Facilty desembarca em São Paulo

Primeira remessa das vacinas do consórcio Covax Facilty desembarca em São Paulo

Reprodução

A primeira remessa de vacinas contra a covid-19 do consórcio Covax/Facility chegou na tarde deste domingo (21), às 17h32, no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo. O Brasil recebeu 1.022.400 de doses do imunizante Oxford, produzidos pelo laboratório SK Bioscience, da Coreia do Sul.

A expectativa do Ministério da Saúde é que até o final de março cheguem mais 1,9 milhão de vacinas, da mesma farmacêutica. O cronograma inicial prevê que o País receberá mais 6,1 milhões de doses de Oxford até o fim do mês de maio. 

O contrato brasileiro completo com o Covax Facility, aliança global com 191 países liderados pela Organização Mundial de Sáude (OMS), indica a compra de 42,5 milhões de imunizantes até o final de 2021.

As vacinas recém-chegadas já serão distribuídas de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação. Assim, Estados e o Distrito Federal receberão as doses de maneira proporcional e igualitária já nos próximos dias.

Os ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores) acompanharam o recebimento dos imunizantes. Assista ao vídeo da chegada das vacinas no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo:

Para acelerar a imunização no Brasil, o Ministério liberou o uso de todas vacinas disponíveis para aplicação da primeira dose, inclusiva aquelas que estavam reservadas pelas secretarias municipais para dose de reforço. 

Últimas