Chile aumenta número de testes e tem disparada nos casos de covid-19

País registrou 1.427 novas infecções, número 45% maior que na véspera. Na sexta-feira (1) foram realizados mais de 10 mil exames 

Número de casos no Chile disparam

Número de casos no Chile disparam

Ivan Alvarado/Reuters - 29.4.2020

O Chile registrou mais 1.427 casos de covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus neste sábado (2), um número 45% maior do que o anunciado na véspera, o que eleva o total no país para 18.435, aumento creditado ao número de testes de diagnóstico realizados.

"A capacidade de testagem aumentou muito e estamos tentando identificar, sobretudo, aquelas pessoas que podem ter a enfermidade sem apresentar sintomas. Por causa disso, estamos tendo esse aumento tão significativo do número de casos", explicou o ministro da Saúde, Jaime Mañalich.

O integrante do governo, que relatou terem sido realizados 10 mil testes apenas na sexta-feira, indicou que a taxa de resultados positivos segue em torno de 10%.

Desde o início da pandemia, essa é a primeira vez que a quantidade de infectados em apenas um dia supera a casa do milhar.

Ainda de acordo com os dados oficiais, nas últimas 24 horas foram registradas novas 13 mortes, o que eleva o total para 247.

Além disso, há 425 pacientes internados em unidades de terapia intensiva, sendo que 324 precisam utilizar respirador mecânico e 62 estão em estado considerado crítico.

Em índice que leva em conta o número de casos por 100 mil habitantes, a região mais afetada é a de Magallanes, com 407, seguida por Ñuble, com 147, e a Metropolitana, com 129,8.