Novo Coronavírus

Saúde Chile registra mais de 5 mil casos em 24 horas e supera a Itália

Chile registra mais de 5 mil casos em 24 horas e supera a Itália

Total de mortos no país ultrapassou a marca dos 4.400 e número de casos ativos é de 37.307. Novas quarentenas específicas foram anunciadas

  • Saúde | Da EFE

Moradora de Santiago do Chile entrega comida a famílias pobres durante a pandemia

Moradora de Santiago do Chile entrega comida a famílias pobres durante a pandemia

Alberto Valdés / EFE - 20.6.2020

O Chile registrou neste domingo mais 5.067 casos de infecção pelo novo coronavírus, o que eleva o total para 242.355 desde a chegada da pandemia no país, enquanto foi elevado em 184 o número de mortos, que passa a ser de 4.479.

De acordo com o subsecretario de Redes Assistenciais, Arturo Zúñiga, que apresentou o balanço de hoje, no Palácio de La Moneda, sede do governo, atualmente há 37.307 casos considerados ativos, ou seja, de pessoas que continuam testando positivo para o patógeno.

Hoje, o Chile ultrapassou a Itália em números de casos - já que mais cedo, a agência de Defesa Civil do país europeu divulgou que o total de infecções era de 238.499 -, e se tornou o número 8 do mundo em contágio.

Curiosamente, no início da expansão do novo coronavírus, o presidente chileno, Sebastián Piñera, usou a gestão de crise das autoridades italianas para tranquilizar a população.

"O Chile está melhor preparado que a Itália", disse o chefe de governo em 3 de março, quando havia 238 casos e nenhum morto, enquanto o país europeu tinha 35.713 registros de infecção e 2.978 óbitos.

Novas quarentenas

Hoje, o ministro da Saúde chileno, Enrique Paris, revelou que a população das cidades de Antofagasta, Tocopilla e Mejillones entrarão em regime de confinamento a partir da noite de terça-feira, em mais uma tentativa de conter o novo coronavírus.

Desde o início da crise, o governo de Piñera tem adotado medidas "seletivas", impondo quarentenas regionalizadas, de acordo com a evolução de novos surtos.

A região metropolitana de Santiago está em regime de confinamento, assim como várias cidades de Valparaíso, entre elas, Viña del Mar, Iquique, Calama, assim como da região central, como Rancagua, Machalí, Curicó, San Felipe e Los Andes.

Últimas