Colina e lecitina: unidas pela vida

A colina é um elemento que costuma ser considerado pelos especialistas em nutrição, quase como uma "vitamina" tal a importância e o poder que ela tem em ajudar o bom funcionamento de áreas vitais do nosso organismo. A colina é encontrada em poucos alimentos da natureza e um deles, talvez o mais rico em colina saudável, é a lecitina de soja. Uma das funções reconhecidas pela medicina como de excelência da colina na ajuda da saúde do corpo, é a proteção do fígado. Estudos mostram que a ausência de colina, pode levar à disfunções hepáticas, criando a possibilidade do organismo desenvolver o câncer do fígado. A substância encontrada na lecitina de soja, também protegeria o fígado da cirrose provocada pelo consumo excessivo de álcool. A lecitina de soja também tem papel preponderante na proteção do coração. Pesquisas revelam que a colina contida na lecitina auxilia na redução dos níveis do colesterol LDL e do colesterol total no organismo, protegendo as artérias e prevenindo assim o aparecimento de doenças coronarianas. Outra função importante desta substância é a garantia da saúde cerebral e da boa memória, durante o envelhecimento. A colina ajuda no tratamento de indivíduos com memória fraca e protege as células cerebrais, durante o processo de oxidação natural do organismo quando a idade vem chegando. Além da colina, a lecitina de soja tem ainda uma quantidade considerável de fosfatídios, inositol e ácidos graxos polinsaturados, essenciais para o bom funcionamento do corpo humano. Por Marco de Cardoso