Coronavírus

Saúde Com câncer, paciente assintomática transmitiu covid-19 por 70 dias

Com câncer, paciente assintomática transmitiu covid-19 por 70 dias

Caso foi alvo de estudo; pesquisadores ressaltam que pessoas com sistema imune enfraquecido são capazes de liberar o vírus por um longo período

Trata-se do caso mais longo de uma pessoa infectada com Sars-CoV-2 assintomática

Trata-se do caso mais longo de uma pessoa infectada com Sars-CoV-2 assintomática

Reprodução / Freepik

Um artigo publicado no periódico médico Cell publicado na quarta-feira (3) relata o caso de uma paciente com leucemia que contraiu covid-19, não desenvolveu sintomas, mas permaneceu disseminando o novo coronavírus por 70 dias. 

O caso foi relatado por médicos do Instituto Nacional de Saúde (NIH), órgão governamental de pesquisa dos Estados Unidos. Eles ressaltam que pessoas com o sistema imunológico enfraquecido, como pacientes com câncer, são capazes de liberar o Sars-CoV-2 durante um período prolongado. 

Leia também: Dinamarca vai matar 17 milhões de visons com mutação de coronavírus

Os pesquisadores isolaram e rastrearam o vírus que infectou a mulher por meio de testes RT-PCR. A mulher de 71 anos foi diagnosticada com leucemia linfocítica crônica, o tipo mais comum de leucemia no mundo Ocidental, segundo o Manual Merck, há 10 anos e, ao contrair a covid-19 permaneceu assintomática. Ela apresentou teste positivo para covid-19 em março de 2020. 

O artido ressalta que se trata de um caso único, mas destaca ser "o caso mais longo de uma pessoa infectada ativamente com Sars-CoV-2 enquanto permanece assintomática". 

Últimas