Coronavírus

Saúde Comitê da FDA confirma eficácia de 94,1% de vacina da Moderna

Comitê da FDA confirma eficácia de 94,1% de vacina da Moderna

Agência regulatória dos EUA revisou resultados da fase 3 dos testes clínicos do imunizante; confirmação abre caminho para aprovação de uso emergencial

Agência Estado
Benefícios da vacina da Moderna superam os riscos, diz análise da FDA

Benefícios da vacina da Moderna superam os riscos, diz análise da FDA

Dado Ruvic - 31.10.2020/Reuters

O comitê consultivo da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) confirmou que a vacina experimental para a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana Moderna é 94,1% eficaz, de acordo com os resultados revisados da fase 3 dos testes clínicos.

Leia também: Moderna deve enviar o dobro de vacinas da Pfizer aos EUA

Em uma análise preliminar divulgada nesta terça-feira (15), a FDA informou que "com base na totalidade das evidências científicas disponíveis, os benefícios da vacina mRNA-1273 para covid-19 superam seus riscos de uso em indivíduos com 18 anos de idade ou mais".

"As análises de subgrupos primários de eficácia mostraram estimativas de pontos de eficácia semelhantes entre grupos de idade, gêneros, grupos raciais e étnicos e participantes com comorbidades médicas associadas a alto risco de covid-19 grave", destaca a FDA.

A Moderna pediu a autorização para uso emergencial do produto nos EUA no dia 30 de novembro. Na semana passada, a FDA aprovou o uso emergencial da vacina desenvolvida pela farmacêutica americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech.

Últimas