Coronavírus não transmite tão fácil quanto a gripe, diz diretor da OMS

Tedros Ghebreyesus ressaltou que epidemia de covid-19 tem taxa de letalidade de 3,4%, enquanto a da gripe sazonal é menor que 1%

Novo coronavírus surgiu no fim do ano passado na China

Novo coronavírus surgiu no fim do ano passado na China

CDC/Reuters

Embora possam ter sintomas parecidos, a gripe e a doença causada pelo novo coronavírus, chamada de covid-19, possuem "importantes diferenças", ressaltou o diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta terça-feira (3).

"A covid-19 e a influenza causam doenças respiratórias e se espalham da mesma maneira, por pequenas gotas de fluído do nariz e da boca de alguém que está doente", explicou.

Por outro lado, o Ghebreyesus apontou que há diferenças significativas entre os vírus.

"Primeiro, a covid-19 não transmite tão eficientemente quanto a gripe. Com a gripe, as pessoas infectadas, mas ainda não doentes, são os principais fatores de transmissão, o que não parece ser o caso do covid-19".

O médico também alertou para as taxas de letalidade das duas doenças. De todos os infectados pelo novo coronavírus até o momento, cerca de 3,4% morreram, enquanto na gripe sazonal é menos de 1%.

"A segunda grande diferença é que a covid-19 causa doenças mais graves que a gripe sazonal. Enquanto muitas pessoas em todo o mundo construíram imunidade a cepas sazonais de gripe, a covid-19 é um novo coronavírus ao qual ninguém tem imunidade."

Em pouco mais de três meses, o novo coronavírus (nomeado SARS-CoV2), já foi registrado em 73 países e infectou mais de 90 mil pessoas. O número de óbitos passa de 3.000, a grande maioria na China, onde a epidemia começou.