Novo Coronavírus

Coronavírus BH assina termo para compra de 4 milhões de doses da vacina russa

BH assina termo para compra de 4 milhões de doses da vacina russa

Capital vai gastar R$ 200 milhões para adquirir imunizantes contra a covid; uso da vacina depende da Anvisa e do Governo Federal

  • Coronavírus | Gisele Ramos, da Record TV Minas

O secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado, confirmou, nesta terça-feira (16), que a prefeitura já assinou a carta de intenção para a compra de 4 milhões de doses da vacina russa contra a covid-19, Sputnik V.

Segundo o secretário, a capital já cumpriu as etapas necessárias para adquirir os imunizantes, sendo necessário esperar as definições da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e do Governo Federal.

— Estamos aguardando a posição final da Anvisa. Precisamos também aguardar a definição se essas vacinas devem ser entregues ao Ministério da Saúde ou não.

O investimento realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte é de cerca de R$ 200 milhões de reais, e os recursos para a compra das vacinas já estão assegurados no orçamento municipal. A expectativa do secretário é imunizar o maior número de pessoas no menor tempo possível.

BH pretende comprar 4 milhões de vacinas russas

BH pretende comprar 4 milhões de vacinas russas

Reprodução / Record TV Minas

— A vacina da Sputnik V é semelhante com as que já usamos. Vacinando todas as pessoas, não será mais necessário interromper as atividades comerciais da cidade. Vai continuar o uso da máscara, já que mesmo pessoas vacinadas podem adoecer.

Enquanto as doses da vacina russa não chegam o secretário faz um alerta para a permanência dos cuidados durante a pandemia da covid-19, principalmente neste momento de alta de casos e mortes.

— Até lá, esperamos que as pessoas se mantenham em casa, usem máscara e higienizem as mãos com álcool em gel. Façam todo o possível para evitar o contágio.

Belo Horizonte já aplicou, até esta terça-feira (16), 249.721 vacinas contra a covid-19, sendo 173.029 referentes à primeira dose e 76.692 referentes à segunda dose.

Últimas