Coronavírus

Coronavírus BH volta a ter dois indicadores de covid-19 no alerta amarelo

BH volta a ter dois indicadores de covid-19 no alerta amarelo

Ocupação de UTIs passou de 42,6% para 51,5% de ontem para hoje; apesar do aumento, índice que baliza flexibilização segue estável

  • Coronavírus | Pablo Nascimento, do R7

Ocupação de UTIs e enfermaria estão em alerta amarelo

Ocupação de UTIs e enfermaria estão em alerta amarelo

Divulgação/Agência Brasil

Belo Horizonte voltou a ter, nesta terça-feira (21), dois indicadores da covid-19 no alerta amarelo.

A taxa que mede a ocupação das UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) passou de 42,6% para 51,5% de ontem para hoje.

Ela se juntou à média de enfermarias, no segundo grau de alerta. Nos leitos simples, a ocupação passou de 52,4% para 54,1%.

O RT, que mede o ritmo de transmissão do coronavírus, também apresentou ligeiro aumento, indo de 0,97 para 0,98, ainda fora da zona de emergência.

A reportagem procurou a prefeitura para comentar sobre o que pode ter causado o salto nas internações em enfermarias e aguarda retorno.

Apesar das variações, o MR (Matriciamento de  Risco), que calcula todas as variáveis relacionadas à pandemia para balizar o funcionamento da cidade, se manteve em 88%. Nesta faixa, todas as atividades podem funcionar, com adoção de medidas sanitárias. O índice vai de 0 a 100. Quanto maior, mais flexibilização pode haver nos protocolos.

Últimas