Crivella diz que Rio terá 'semana que mais preocupa'

Prefeito falou sobre o aumento do número de casos de covid-19 e da expectativa pela chegada de novos equipamentos para o município 

Tomaz Silva/27.07.2017/Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmou neste domingo (3) durante uma coletiva de imprensa que a próxima semana será a mais preocupante para o município desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Essa semana é a que mais nos preocupa. Porque se acelerou o número de contágios e as pessoas precisam dos hospitais. Nós aguardávamos já há bastante tempo a ajuda de outros entes, o que até agora não ocorreu”, disse.

Ainda durante a coletiva, o prefeito falou sobre a falta de equipamentos apropriados na rede pública de saúde do estado e destacou que o município aguarda a chegada de respiradores. “Nós tivemos também uma notícia de que nesse momento o estado não está conseguindo os equipamentos necessários e os nossos só chegam durante essa semana”, afirmou.

O prefeito afirmou que, se a população não atender às recomendações de ficar em casa, pode endurecer as medidas e determinar o fechamento de vias importantes e até dos calçadões de Bangu e Campo Grande, na Zona Oeste, região que tem registrado grandes concentrações de pessoas, de acordo com o Disk Aglomeração.

Crivella afirmou que vai usar as 300 câmeras do Centro de Operações Rio (COR) para verificar possíveis aglomerações e que a Prefeitura será rigorosa nas punições aos infratores.