Coronavírus

Saúde Covax entra em operação com 1ª remessa de vacinas para África

Covax entra em operação com 1ª remessa de vacinas para África

Lote com 600 mil doses da vacina de Oxford vai para Gana; programa visa distribuir 2 bilhões de doses em todo o mundo

  • Saúde | Da EFE

Segundo OMS, será a maior operação de distribuição de vacinas da história

Segundo OMS, será a maior operação de distribuição de vacinas da história

Michel Dantas/AFP

O programa Covax para distribuição mundial das vacinas contra covid-19, criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Aliança para a Vacinação (Gavi), deu um passo gigantesco nesta quarta-feira (24) com a primeira remessa de 600 mil doses, fabricadas pela AstraZeneca e com destino a Gana (África Ocidental).

As doses foram fabricadas pelo Instituto do Soro da Índia, parceiro da AstraZeneca no desenvolvimento de sua vacina, e foram transportadas de Bombaim para a capital ganesa com escala em Dubai (Emirados Árabes Unidos), de acordo com o comunicado conjunto da OMS, Gavi e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), promotores da Covax.

Este primeiro carregamento, que seguirá nos próximos dias com outro para a Costa do Marfim, chega uma semana após a OMS autorizar o uso emergencial da vacina AstraZeneca e marca o início de um programa que visa distribuir 2 bilhões de doses em todo o mundo, incluindo 1,3 bilhão para países pobres.

A chegada das vacinas a Acra, capital de Gana, marca "um passo histórico em direção ao objetivo de garantir a distribuição equitativa das vacinas contra Covid-19 em todo o mundo", enfatizou o comunicado.

"É o primeiro passo, mas apenas o começo", acrescentou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmando que "ainda há muito trabalho a ser feito junto aos governos e fabricantes para atingir o objetivo de profissionais da saúde e idosos já estão começando a ser vacinados em todos os países nos primeiros 100 dias de 2021".

O programa Covax, segundo o comunicado, será a maior operação de distribuição de vacinas da história.

Últimas