Coronavírus

Saúde Covid-19: 7 milhões não voltaram para tomar a 2ª dose, diz Queiroga

Covid-19: 7 milhões não voltaram para tomar a 2ª dose, diz Queiroga

O ministro da Saúde afirmou que o problema não está relacionado com a falta de vacinas; mais de 108 milhões já receberam a 1ª dose

  • Saúde | Do R7

Mais de 108 milhões de pessoas já receberam a 1ª dose de uma vacina anticovid no Brasil

Mais de 108 milhões de pessoas já receberam a 1ª dose de uma vacina anticovid no Brasil

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Cerca de 7 milhões de pessoas não retornaram na data prevista para tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19. A afirmação foi feita pelo ministro da Saúde Marcelo Queiroga, nesta terça-feira (10), durante o lançamento da campanha nacional para a prevenção da obesidade infantil, em Brasília. O número o equivale a 6,4% dos mais de 108 milhões que já receberam a primeira aplicação. 

“[Há] um esforço hercúleo que todos nós fazemos para conseguir vacina para a população brasileira, então não justifica que as pessoas não busquem a segunda dose, pois ela não está faltando. A imunização só estará completa com a segunda dose da vacina”, disse o ministro.

Além disso, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou que cerca de 2.300 alunos bolsistas da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) serão vacinados para que possam voltar às atividades fora do país.

Neste sentido, o ministro da Saúde destacou a importância desses estudantes retornarem para o Brasil após concluir suas qualificações.

“É uma ação muito importante, pois precisamos qualificar nossos recursos humanos, não só na área da saúde, mas em todas as áreas. A CAPES é um grande patrimônio do Brasil e esses bolsistas vão se qualificar e vão retornar, nós não queremos exportar nossos cérebros, eles ficam aqui para produzir tecnologia de ponta”, disse.

De acordo com o Vacinômetro do R7, mais de 108,6 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 51,2% da população, sendo que mais de 46,5 milhões já receberam a segunda dose ou uma vacina de dose única e estão completamente imunizadas.

Acompanhe o Vacinômetro em tempo real:

Últimas