Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Brasil atinge marca de 90 milhões de vacinas distribuídas

Covid-19: Brasil atinge marca de 90 milhões de vacinas distribuídas

Segundo o Ministério da Saúde, mais 13 milhões de doses devem ser distribuídas aos estados até o dia 19 de maio

  • Saúde | Do R7

Vacina da Pfizer tem 95% de eficácia contra a covid

Vacina da Pfizer tem 95% de eficácia contra a covid

Chris Aluka Berry/Reuters

O Brasil atingiu, nesta terça-feira (18), a marca de 90 milhões de vacinas distribuídas aos estados para a campanha de imunização contra a covid-19, segundo o Ministério da Saúde. 

Em nota, a pasta informou que até o dia 19 deve enviar aos estados mais 13 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, da CoronaVac e da Pfizer.

“A força-tarefa faz parte do esforço do Ministério da Saúde para ampliar ainda mais a campanha e garantir que toda a população vacinável seja imunizada contra a doença até o fim do ano”, diz a nota. 

A responsabilidade pela divisão e distribuição das vacinas entre os municípios é de cada estado. O intervalo entre as doses a ser respeitado é de quatro semanas para a CoronaVac, e de 12 semanas para as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.

O Vacinômetro do R7 mostra que mais de 39 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 18% da população, sendo que mais de 19 milhões já receberam a segunda dose e estão completamente imunizadas.

Acompanhe o Vacinômetro em tempo real:

Últimas