Covid-19: Brasil tem 23.473 mortes e 374.898 casos confirmados 

De acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados 807 óbitos e 11.687 infectados nas últimas 24 horas. Governo diz que 153.833 estão curados 

País é o segundo em número de casos confirmados em todo o mundo

País é o segundo em número de casos confirmados em todo o mundo

MARCELO FONSECA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Ministério da Saúde confirmou 807 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. Com as informações divulgadas pela pasta, nesta segunda-feira (25), o Brasil acumula 23.473 óbitos por conta da doença respiratória causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). 

Segundo a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o país ocupa a 6ª posição em número de pessoas mortas, atrás de Estados Unidos (97.940), Reino Unido (36.996), Itália (32.877), Espanha (28.752), França (28.370). Em todo o mundo, mais de 340 mil não resistiram às complicações da infecção. 

De 26 de fevereiro, quando foi confirmado o primeiro caso, até agora, 374.898 já foram diagnosticados com a doença, sendo que 11.687 incluídos nas estatísticas entre ontem e hoje.

O Brasil é o 2º em quantidade absoluta de ocorrências. Os Estados Unidos têm 1.653.390 infectados, enquanto a Rússia, em 3ª lugar, tem 353.427. A estimativa é que mais de 5,4 milhões receberam o diagnóstico positivo em todo o planeta. 

Recuperados da covid-19

O Brasil alcançou a marca de 153.833 recuperados da covid-19 desde o dia 26 de fevereiro, quando o primeiro caso foi confirmado no país. Em uma semana, o total de curados cresceu mais de 50 mil.

De acordo com informações do último balanço do governo federal, o número corresponde a 41% do total de casos confirmados da infecção respiratória.

Portal R7: acompanhe a cobertura da pandemia do novo coronavírus 

Integram o grupo de recuperados, segundo o governo federal, todos os diagnosticados que enfrentaram os 14 dias de quarentena preventiva e, também, aqueles que receberam alta dos leitos hospitalares.

‘Epicentro’ de casos no país

Óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais

Óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais

Ricardo Moraes/Reuters

O estado de São Paulo acumula sozinho 83.625 casos confirmados e 6.220 mortes por covid-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, há registros da doença em 510 dos 645 municípios, sendo que 237 tiveram uma ou mais vítimas fatais. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais (72,8% do total). 

Leia: Taxa de isolamento sobe na capital paulista e no Estado de SP

Já o número de pacientes internados está em 11,1 mil, sendo que 4.283 estão na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e 6.867 em enfermaria. Segundo o governo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 73,8% no estado e 88,1% na Região Metropolitana. 

89% dos leitos de UTI ocupados no Rio

Rio de Janeiro tem 2.283 pessoas internadas por causa da covid-19

Rio de Janeiro tem 2.283 pessoas internadas por causa da covid-19

Suamy Beydoun/Agif - Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo - 25.05.2020

No Rio de Janeiro, a taxa de ocupação dos hospitais da rede estadual é de 89% em leitos de UTI e 79% em leitos de enfermaria. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Saúde), que contabiliza 2.283 pacientes internados por conta da covid-19.

Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 112 mortes e 1.386 novos casos. Com isso, o estado ultrapassou a marca de quatro mil óbitos, alcançando 4.105 desde o início da crise, enquanto o total de diagnosticados foi a 39.298.

Veja a situação de cada Estado do Brasil:

São Paulo: 83.625 casos (6.220 mortes)
Rio de Janeiro: 39.298 casos (4.105 mortes)
Ceará: 36.185 casos (2.493 mortes)
Amazonas: 30.282 casos (1.781 mortes)
Pernambuco: 28.366 casos (2.248 mortes)
Pará: 26.077 casos (2.372 mortes)
Maranhão: 22.786 casos (784 mortes)
Bahia: 14.204 casos (477 mortes)
Espírito Santo: 10.365 casos (465 mortes)
Paraíba: 8.016 casos (279 mortes)
Minas Gerais: 6.962 casos (230 mortes)
Distrito Federal: 6.930 casos (114 mortes)
Santa Catarina: 6.875 casos (109 mortes)
Alagoas: 6.682 casos (337 mortes)
Amapá: 6.584 casos (168 mortes)
Rio Grande do Sul: 6.559 casos (197 mortes)
Sergipe: 5.448 casos (103 mortes)
Rio Grande do Norte: 4.759 casos (209 mortes)
Acre: 4.501 casos (97 mortes)
Piauí: 3.550 casos (110 mortes)
Paraná: 3.331 casos (156 mortes)
Rondônia: 3.268 casos (121 mortes)
Tocantins: 2.696 casos (58 mortes)
Roraima: 2.514 casos (86 mortes)
Goiás: 2.512 casos (96 mortes)
Mato Grosso: 1.500 casos (41 mortes)
Mato Grosso do Sul: 1.023 casos (17 mortes)