Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Brasil tem 38.406 mortes e 739.503 casos confirmados

Covid-19: Brasil tem 38.406 mortes e 739.503 casos confirmados

De acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados 1.272 óbitos e 32.091 infectados nas últimas 24 horas. Pasta voltou a divulgar dados acumulados

  • Saúde | Do R7

Brasil é terceiro em número de óbitos no mundo

Brasil é terceiro em número de óbitos no mundo

Bruno Kelly/Reuters

O Brasil acumula 38.406 mortes e 739.503 casos confirmados de covid-19, de acordo com balanço divulgado nesta terça-feira (9) pelo Ministério da Saúde. 

Nas últimas 24 horas, as secretarias estaduais e municipais de saúde notificaram 1.272 óbitos e 32.091 novos infectados. O País é o terceiro em número de vítimas fatais em todo o mundo, segundo a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. 

O governo federal estima, ainda, que 311.064 pessoas já estão curadas da infecção provocada pelo novo coronavírus. "O número de recuperados é estimado por um cálculo composto que leva em consideração os registros de casos e óbitos com confirmação de covid-19 e o número de pacientes hospitalizados registrados no SIVEP Gripe (Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe)", explica. 

A pasta voltou a apresentar os dados da pandemia em todo o Brasil como eram exibidos até a semana passada, quando passou a divulgar apenas informações de casos e óbitos referentes ao dia.

A mudança ocorre após uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou ontem que o portal mantivesse as informações anteriores.

Os dados consolidados, como casos e óbitos por dia e acumulados, além da taxa de incidência, foram suprimidos na sexta-feira passada, sob alegação de que o governo os apresentaria de uma forma mais próxima à realidade.

SP bate recorde de mortes em 24h

São Paulo bateu mais um recorde de mortes por covid-19, com 334 óbitos notificados nas últimas 24 horas. O estado acumula 9.522 vítimas fatais e 150.138 casos confirmados da doença respiratória provocada pelo novo coronavírus.

Na segunda-feira (8), o secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann, já previa aumento no número de óbitos. Segundo ele, isso ocorre sempre às terças-feiras e resulta de um atraso na contabilização de casos aos sábados e domingos.

Leia: Governo avalia que cidade de SP está pronta para reabertura

A taxa de ocupação de leitos de UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) é de 68,6% em todo o estado e de 74,1% na Região Metropolitana. Há 4.481 pessoas internadas em UTIs e 8.073 em enfermarias.

Veja a situação em cada região do Brasil

Centro-Oeste

Goiás: 6.521 casos (180 mortes)
Distrito Federal: 18.090 casos (236 mortes)
Mato Grosso: 4.339 casos (135 mortes)
Mato Grosso do Sul: 2.455 casos (22 mortes)

Sul

Rio Grande do Sul: 12.802 casos (301 mortes)
Paraná: 7.314 casos (253 mortes)
Santa Catarina: 12.192 casos (179 mortes)

Norte

Amapá: 13.771 casos (285 mortes)
Rondônia: 9.220 casos (255 mortes)
Pará: 59.148 casos (3.853 mortes)
Roraima: 6.056 casos (168 mortes)
Acre: 8.457 casos (223 mortes)

Nordeste

Pernambuco: 41.010 casos (3.453 mortes)
Bahia: 30.481 casos (937 mortes)
Paraíba: 22.452 casos (534 mortes)
Alagoas: 17.193 casos (640 mortes)
Sergipe: 10.126 casos (252 mortes)
Piauí: 7.927 casos (265 mortes)
Ceará: 68.384 casos (4.309 mortes)
Maranhão: 52.069 casos (1.285 mortes)
Rio Grande do Norte: 11.027 casos (459 mortes)

Sudeste

São Paulo: 150.138 casos (9.522 mortes)
Espírito Santo: 21.964 casos (904 mortes)
Rio de Janeiro: 72.979 casos (6.928 mortes)
Minas Gerais: 16.102 casos (399 mortes)

Últimas