Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Diretor-geral da OMS diz que entrou em quarentena

Covid-19: Diretor-geral da OMS diz que entrou em quarentena

Tedros Adhanom divulgou em sua conta no Twitter que está em home office após ter mantido contato com pessoa que testou positivo para covid-19

  • Saúde | Do R7

Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que está trabalhando em home office

Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que está trabalhando em home office

Salvatore Di Nolfi / EFE - EPA - Arquivo

O diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, divulgou no domingo (1º) à noite em sua conta no Twitter que está em quarentena após ter mantido contato com uma pessoa que testou positivo para covid-19.

Leia também: Sem vacina até março, Brasil pode passar pelo que Europa vive hoje

"Fui identificado como o contato de alguém com teste positivo para covid-19. Estou bem e sem sintomas, mas ficarei em quarentena nos próximos dias, de acordo com os protocolos da OMS, e trabalho em casa", escreveu.

Reprodução

"É extremamente importante que todos cumpramos as orientações de saúde. É assim que vamos quebrar as cadeias de covid-19 transmissão, suprimir o vírus e proteger os sistemas de saúde. Meus colegas da OMS e eu continuaremos a nos envolver com parceiros em solidariedade para salvar vidas e proteger os vulneráveis. Juntos!", completou.

O etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus, 55, é diretor-geral da OMS desde 2017. Assumiu o cargo por um mandato de cinco anos. Foi o primeiro africano a ocupar o cargo mais alto da agência da ONU.

Biólogo com mestrado em Imunologia de Doenças Infecciosas pela Universidade de Londres e doutorado em Saúde Comunitária pela Universidade de Nottingham, foi Ministro da Saúde da Etiópia entre 2005 e 2012 e ministro das Relações Exteriores entre 2012 e 2016. Tedros é casado e tem 5 filhos.

Últimas