Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Pfizer vai testar vacina em jovens a partir dos 12 anos

Covid-19: Pfizer vai testar vacina em jovens a partir dos 12 anos

Vacina da Pfizer é considerada inovadora, feita a partir de RNA mensageiro; imunizante passa por testes no Brasil, em São Paulo e Salvador

  • Saúde | Do R7

Vacina experimental da Pfizer passa por testes no Brasil

Vacina experimental da Pfizer passa por testes no Brasil

EFE /HOTLI SIMANJUNTAK/Archivo

A Pfizer vai testar sua vacina contra a covid-19 em jovens a partir dos 12 anos, segundo divulgado pela rede de TV norte-americana CNN. A empresa teria recebido autorização da FDA (Food and Drug Administration), órgão que regulamenta medicamentos e alimentos nos EUA, para a realização dos testes. 

Os testes da vacina da Pfizer estão sendo realizados no Brasil pelos institutos Cepic (Centro Paulista de Investigação Clínica), em São Paulo, e pela Instituição Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador. "Alguns países participantes do estudo fase 3 da potencial vacina da Pfizer contra a covid-19, incluindo o Brasil, estão contemplando participantes com idade a partir de 16 anos", informou a Pfizer no Brasil por meio de comunicado.

Leia também: Rússia registra 2ª vacina contra a covid-19 nesta quarta-feira (14)

A vacina da Pfizer, em parceria com a BioNTech, utiliza a tecnologia de RNA mensageiro. A molécula de RNA é produzida em laboratório e aplicada no paciente. Essa molécula entra na célula por diferentes mecanismos e a célula terá a informação necessária para produzir uma das proteínas que compõem o vírus.

Assim, o sistema imunológico identifica essa proteína como um patógeno, um corpo estranho que precisa ser combatido, e inicia uma resposta imunológica.

Últimas